O que você achou do blog?

Natália Nascimento

segunda-feira, 31 de outubro de 2011 3 comentários



1- Nome, Idade, Natural de...? 
Natália Nascimento , 15 anos , Salvador / Bahia.


2- Coisas que mais gosta de fazer? 
Servir a Deus , e me divertir com família e amigos.


3- Por que o interesse pelo teatro/dança? 
Porque é mais uma forma que Deus me ofereceu de ganhar almas .


4- Quem você espera alcançar através desse projeto? 
Toda pessoa que precise de Deus , ou seja , TODOS!


5- Qual o seu objetivo através do mesmo? 
Ganhar almas .


6-Qual a importância do projeto Filhos de Levi pra você? 
Foi um projeto que veio na hora certa, que serve tanto para ajudar nós, filhos de pastor, como para ganhar almas mundo afora.


7- Como era a sua vida antes de conhecer a Deus? 
Triste , vazia , sem graça!


8- Quando você decidiu entregar a sua vida na mãos de Deus? 
Quando percebi que sem Deus nada faz sentido.


9 - Quando surgiu o desejo de servi-lo? 
Quando o que estava em mim era tão forte que eu precisava gritar para o mundo o Deus maravilhoso que sirvo, quando percebi que todos precisam conheço-Lo.


10- E como você vive hoje depois de conhecer a Deus?
Tenho Deus , tenho TUDO !




Há uma guerra diária, física e espiritual, para permanecermos na fé.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011 0 comentários


As pessoas tem um ditado que diz: "Tal pai, tal filho."
Mas nem sempre esse ditado é aplicável. Um exemplo claro vem de um rei e seu filho.

Conhecido por ter o coração segundo ao de Deus, ele era homem de guerra e constantemente estava inquieto pelo seu grande numero de inimigos e consequentemente, conquistas.

Nos poucos momentos que ele teve de paz, ele estava fugindo da guerra... e nesses momentos ele caiu em tentação.

Assim ele aprendeu que deveria viver sempre em constante batalha para permanecer e vencer.

Ele lutou tanto e conquistou tanto que o seu filho herdou um reinado de paz.

No inicio, seu filho seguiu o seu bom exemplo e até apresentou sacrifícios a Deus, alcançando assim riqueza e sabedoria.


Mas por ele está sempre do lado de fora das batalhas, ele tinha muito tempo livre para as maravilhas do mundo..com sua riqueza e poder.. era fácil pra ele conquistar bens e mulheres..


Diga-se de passagem, muitas mulheres. Assim, ele foi levado pela sua paz, pela paixão do mundo, e para agradar suas mulheres se tornou seguidor dos deuses delas...


Acabou perdido, e nem sabemos se ele foi salvo ou não.


Pra mim, pessoalmente, isso é muito claro para nós filhos(as) de prs., bps, obreiros e etc...


Temos visto nossos pais em constante guerra, e muitas vezes ficamos a sombra da paz que as conquistas dele nos trouxe... só que essa paz não pode nos acomodar a ponto de vivermos a vida como se tudo fosse um mar de rosas.


Há uma guerra diária, física e espiritual, para permanecermos na fé.


Por isso gente, vamos vigiar para seguirmos os passos de Davi, o pai.. e não Salomão seu filho...
Pois de nada adianta ter um reinado de "paz" na terra e viver o terror do inferno..
A nossa guerra é constante... e querendo você ou não você esta dentro dela.
Cabe a você decidir de que lado você esta:
Do lado dos que lutam e vencem.. ou do lado dos que se escondem e morrem.
Pense nisso...
Por: Gleide Rodrigues

Yugo, a história de um afastado.

domingo, 23 de outubro de 2011 0 comentários


video

Um alerta pra você que esta distante de Deus e sem rumo na sua vida.
Esse jovem fez parte da obra de Deus, e infelizmente veio a se afastar. 
O que ocorreu? Ocorreu que ele sofreu um acidente gravíssimo, foi atropelado e acabou que ele sofreu um acidente em que fraturou a tíbia, fraturou o braço, fraturou a coluna e acabou ficando paraplégico.

Nesse vídeo ele fala sobre o arrependimento que ele tem por ter abandonado à Deus e feito as coisas da forma dele. Ter ido beber, ido pra balada, ter desprezado a Palavra de Deus, ter ido atrás de mulher etc. Quanto mais ele buscava isso, mais ele se distanciava de Deus.
A história dele é mais uma dentre as milhares de histórias de jovens afastados no mundo à fora. Você que esta de pé, cuide-se pra não cair. 

Falar de nós é facil, dificil é ser como nós!

quinta-feira, 20 de outubro de 2011 1 comentários


Imagine viver em um lugar completamente estranho, com pessoas que você nunca viu antes, sem saber ao certo onde irá morar, estudar e conviver...

Se isso  te assustou um pouco, imagina se essas pessoas desconhecidas  estão ansiosas para te conhecer imaginando que você é assim e assado...

"Bom, o pai dela é calmo...ela também deve ser...a mãe dela é super tímida..ela tambem deve ser...Espero que seja um bom exemplo..afinal..Ela é A Filha do Pastor!"
É mais ou menos esse dilema que enfrentamos a cada mudança... Mas por que as pessoas pensam assim?Por qual motivo somos tao observadas?

A razão é simples..como a D. Cristiane mesmo disse em um de seus artigos: "A quem muito é dado..muito é cobrado!" Não é fácil ser filha de pastor...mas não se compara a dificuldade de ter um pai com problemas de bebida..ou uma mãe com depressão...


Não se compara o quão dificil é ter a responsabilidade da família nas costas devido aos problemas dos pais e irmãos...

Olhando a vida das pessoas percebemos que os nossos problemas não se compara, e talvez não suportaríamos a dificuldade que eles enfrentam...mas será que você suportaria ser um de nós?

Difícil responder não é?


Esse blog é exatamente pra isso, para você entender, imaginar como é ser filha(o) de pastor, conhecer nossos projetos e caso você seja, quero que compartilhem suas experiências.É hora de termos voz! Esclarecer pras pessoas que enquanto elas param pra falar de nós..nos lutamos pra ser diferentes!


Por: Gleide Rodrigues

Bianca Francieli

quarta-feira, 19 de outubro de 2011 1 comentários



1- Nome, Idade, Natural de...?
Bianca Francieli Da Silva Anely, 17 anos, Sorocaba - SP.


2- Coisas que mais gosta de fazer?
Ajudar pessoas Aflitas, Ganhar Almas, ouvir música bem alta, ir no cinema, assistir filmes de romance, comédia, ação e outros que me interessam e navegar na net.


3- Por que o interesse pelo teatro/dança?
Porque para Deus não importa se você sabe ou não dançar, ou simplesmente fazer teatro. Nós todos temos um só objetivo: ganhar almas! Me interessei porque gosto e quero que, assim como Deus me escolheu para mostrar aos jovens como o que Ele faz é grande, quero também que as pessoas possam conhecer melhor nosso trabalho que esta arrebentando!


4- Quem você espera alcançar através desse projeto?
Espero alcançar todos! Os que fazem parte da IURD nesse país, fora e também para que as pessoas possam ver o trabalho dos filhos de Levi.


5- Qual o seu objetivo através do mesmo?
Meu objetivo é levar pessoas a serem salvas, a conhecer a um Deus que eu conheço, e que me faz muito feliz, sempre!


6-Qual a importância do projeto Filhos de Levi pra você?
Serviu para aproximar melhor os filhos e fazer novas amizades.


7- Como era a sua vida antes de conhecer a Deus?
Antes de conhecer a Deus, eu era uma menina rebelde, mentirosa, fingia ser uma coisa que não era. Mesmo sendo filha de pastor, aquele que prega a verdade e a própria filha vivendo no erro. Na escola era a popular, a tal, e em casa e na Igreja parecia a "Inocente", era uma menina que queria estar sempre mais fora do que dentro. Andava com más amizades, e tinha uma "melhor amiga" que acobertava o meu erro de estar me envolvendo com um cara de uns 10 anos mais velho que eu. Era aquela que andava só com as sabidinhas e sentiam inveja de mim. Uma vez cheguei a brigar na escola. Eu não era verdadeira e desagradava a Deus. Um dia percebi que aquele mundo não fazia parte de mim, foi ai que parei de fazer tudo que desagradava a Deus. Hoje gosto de salvar e estar perto de pessoas que falam de Deus. A obra de Deus não e para aquele que vem se acha ser o tal, que tenho isso e aquilo... Pode até durar um certo tempo, mas cai! Deus nos escolhe para salvar, não para aparecer. Ele pode usar simplesmente um bandido, um mendigo, uma prostituta. Ele nos transforma! Faz do caído forte, como diz na bíblia: Diga o fraco, eu sou forte! Então somos todos capazes de largar tudo que não presta e servir a Ele com amor.


8- Quando você decidiu entregar a sua vida na mãos de Deus?
Quando percebi que não da para servir dois senhores. Deus e um só, Ele e único na nossa vida. Ou você se decide ou você fica em cima do muro. E assim não dá.


9 - Quando surgiu o desejo de servi-lo?
Quando vi as maravilhas que Ele tem feito na vida das pessoas. Decidi servir a Ele de todo coração com toda a minha força.


10- E como você vive hoje depois de conhecer a Deus?
Vivo com a felicidade, o amor dEle esta dentro de mim. Ando com pessoas que falam de Deus. Amizades que influenciam o melhor para mim e para os outros. Deus molda nosso coração de uma forma que você não sabe nem como explicar, Ele é maravilhoso!


‘ A Quem dá liberalmente,ainda se lhe acrescenta mais e mais,ao que retém mais do que é justo, ser-lhe-á em pura perda’’(Provérbios 11.24).




Empolgação.

1 comentários


As pessoas as vezes fazem as coisas com empolgação. As vezes deixam de fazer do modo certo pra fazer do modo errado. Ora, você esta fazendo pra Deus ou pro homem? Se pra Deus, faça com amor, carinho e dedicação. Pois muito mais Ele fez por você, deu o Filho dEle por você... E nada que você faça se compara ao amor que Deus tem por você. Portando se dedique! A obra não é do homem, do bp Macedo, do bp Guaracy, do pr Jean Madeira, do pr Adriano Lopes, não! A obra é de Deus e só permanece nela quem é nascido dEle! 

Por isso deixo aqui com você uma dica, que serve não só pra mim, mas para todos! Dê o seu melhor, não queira ser reconhecido pelo que faz, queira que as pessoas vejam DEUS através do trabalho que você faz. Dê a Glória a Ele, somente a Ele. Ele é digno de todo Louvor, Honra e Glória! Faça a sua parte e Deus fará a dEle em sua vida.

Na fé!

David Gomes

terça-feira, 18 de outubro de 2011 1 comentários



1- Nome, Idade, Natural de...?  
David Gomes da Silva, 16 anos, Senhor do Bonfim - BA. 


2- Coisas que mais gosta de fazer? 
Jogar bola e ficar na net. 


3- Por que o interesse pelo teatro/dança? 
Amo teatro, mas não faço estou (infelizmente), pois moro no interior.


4- Quem você espera alcançar através desse projeto? 
Todos que se encontram perdidos. 


5- Qual o seu objetivo através do mesmo? 
Salvar!


6-Qual a importância do projeto Filhos de Levi pra você? 
A importância que dão pra nós filhos. Nos dando trabalhos maravilhosos, para através disso ganhar almas.


7- Como era a sua vida antes de conhecer a Deus? 
Vaga vazia e sem graça.


8- Quando você decidiu entregar a sua vida na mãos de Deus? 
 8- 19/08/2011 Melhor dia da minha vida, jejum de Daniel  .


9- Quando surgiu o desejo de servi-lo? 
Desde criança, sempre tive vontade, só faltava atitudes. 


10- E como você vive hoje depois de conhecer a Deus?
Servindo a Deus e fazendo todas as Suas vontades.




Juliana Pereira

segunda-feira, 17 de outubro de 2011 0 comentários









1- Nome, Idade, Natural de...?
Juliana dos Santos Pereira, 14 anos, Itabuna - Bahia.


2- Coisas que mais gosta de fazer?
Servir a Deus, cantar, sair com amigos e família e estudar.


3- Por que o interesse pelo teatro/dança?
Porque é uma ótima forma de ganhar almas e também porque gosto de atuar.


4- Quem você espera alcançar através desse projeto?
Jovens,crianças, adultos, senhores, TODOS.


5- Qual o seu objetivo através do mesmo?
Levar as pessoas a conhecer o mesmo Grandioso Deus que eu tenho.


6-Qual a importância do projeto Filhos de Levi pra você?
 Esse grupo é muito importante, pois nos une e também nos orienta da melhor maneira sobre servir a Deus e outros assuntos importantes.


7- Como era a sua vida antes de conhecer a Deus?
 Era vazia e cheia de desilusões.


8- Quando você decidiu entregar a sua vida na mãos de Deus?
Quando percebi que só Ele poderia me ajudar!


9 - Quando surgiu o desejo de servi-lo?
Quando fui batizada com o Espirito Santo, e percebi que a minha vida era para ganhar ALMAS.


10- E como você vive hoje depois de conhecer a Deus?
Minha vida hoje é feliz, posso ter até complicações as vezes, mas Deus sempre me guia e me ajuda, na realidade sou MUITO mais do que FELIZ com Deus em minha vida.

Banda Sem Fronteiras

0 comentários

[SDC13111.JPG]


Um pedacinho da apresentação realizada na Vigília 
dos Vencedores.




Sem lenha o fogo se apaga.

domingo, 16 de outubro de 2011 0 comentários





"Sem lenha o fogo se apaga; e não havendo difamador, cessa a contenda". (Provérbios 26.20)

Este verso bíblico descreve uma grande verdade: se as pessoas pararem de "por lenha na fogueira", a contenda acaba. Este princípio, o "Princípio da Fogueira", aplica-se também à vida espiritual. Quando uma pessoa tem uma experiência real com Jesus Cristo, algo como que um fogo de Deus invade o seu coração. Ela se sente revivida, renovada, animada, inspirada, pronta para qualquer desafio. É capaz de vencer antigas barreiras, vícios, problemas.

No entanto, depois de algum tempo, podemos perceber que este fogo se apaga em alguns cristãos. O quê houve? Faltou alimentar o fogo de Deus.

O cristão, então, torna-se morno, indiferente, infeliz.

Qual seria o combustível da vida cristã, capaz de manter a chama acesa? O que mantém o fogo de Deus no coração do cristão são certas práticas diárias. Simples, porém, poderosas. Vamos chamá-las de GRAVETOS.

1. O Graveto da Oração
Orai sem cessar, dizem as Escrituras. Mateus 26.41; I Tessalonicenses 5.17; Tiago 5.16.

2. O Graveto da Leitura Bíblica
Examinai as Escrituras, disse Jesus. João 5.39; Mateus 22.29; Efésios 6.17.

3. O Graveto da Convivência Cristã
Não abandonei a vossa congregação, disse o apóstolo. Hebreus 10.25; João 13.34-35; Romanos 12.9-17.

4. O Graveto do Testemunho Pessoal
E sereis minhas testemunhas, disse Jesus. Atos 1.8; Mateus 28.19-20; Marcos 16.15-16.

O cristão bem informado vê a Oração, a Leitura Bíblica, a Convivência Cristã e o Testemunho Pessoal como privilégios, e não como deveres de casa.

Ele sabe que sua oração é ouvida por Deus porque Jesus Cristo morreu numa cruz em seu lugar; que muitos dedicaram suas vidas para que as Escrituras chegassem às suas mãos; que a Convivência Cristã permite-lhe realizar para Deus obras que jamais conseguiria sozinho e que o seu Testemunho Pessoal, além de salvar vidas, contribui para a sua própria edificação e fortalecimento da Igreja.

Mantenha a chama acesa. Lembre-se: Sem lenha, o fogo se apaga.

Quando você percebe que tem que mudar.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011 1 comentários

http://www.claudiafarnesi.com.br/wp/wp-content/uploads/2009/08/mudancapeixes.jpg



No curso de nossas vidas, nós passamos por experiências que nos moldam – ou pelo menos tentam nos moldar. Se formos cegos e surdos ao que cada experiência nos ensina, então o nosso caráter não pode ser moldado. E é esse o problema que muitos de nós carregamos — a resistência à mudança. O nosso coração humano é tão cheio de si mesmo, tão convencido de que sabe melhor, de que nunca está errado, que muitas vezes nós não aprendemos as lições contidas numa experiência.
Quando finalmente damos conta disso, quando despertamos para o fato de que afinal ESTAMOS errados, podemos reagir de uma ou outra maneira:

(1) Podemos acordar e humildemente aprender nossa lição, ou

(2) Podemos ser teimosos e manter o nosso orgulho.

A primeira opção significa que aprendemos e crescemos; a segunda, que nos tornarmos tão orgulhosos que não podemos aprender algo novo.

“E vos renoveis no espírito do vosso entendimento,” diz o apóstolo Paulo em Efésios 4.23. Poucas, mas profundas palavras.

Nossa mente precisa de renovação. Precisa porque envelhece. Com o passar dos anos, se não atualizarmos o espírito da nossa mente, nos tornaremos espiritualmente e mentalmente velhos. Velhas idéias, velhas maneiras, resistência à mudança. Nós paramos de crescer. Somos deixados pra trás. Mentes mais jovens (e atuais) começam a passar na nossa frente. E nós nos tornamos uma chata, amargurada, ressentida caricatura do que costumávamos ser. Daí culpamos o mundo por ter mudado...

“Mudança é difícil mas frequentemente essencial à sobrevivência.” – Les Brown

Então, a próxima vez que suas idéias ou convicções atuais forem desafiadas por outras melhores e diferentes, não seja orgulhoso. Vá em frente e mude.


É para o seu bem.

Higor Thomé

1 comentários




1- Nome, Idade, Natural de...? 
Higor Thomé, 17anos, Rio de Janeiro.


2- Coisas que mais gosta de fazer? 
Cantar, dançar e atuar.


3- Por que o interesse pelo teatro/dança? 
Pela vontade de ganhar almas com o talento que Deus me deu.


4- Quem você espera alcançar através desse projeto? 
Jovens que nessecitam de Deus.


5- Qual o seu objetivo através do mesmo? 
Adorar a Deus e passar a sua palavra aos que necessitam.


6-Qual a importância do projeto Filhos de Levi pra você? 
A oportunidade de unir os filhos de pastor em uma unica missão: salvar almas!


7- Como era a sua vida antes de conhecer a Deus? 
Eu não tinha vida!


8- Quando você decidiu entregar a sua vida na mãos de Deus? 
Quando percebi que sem Ele não sei viver.


9 - Quando surgiu o desejo de servi-lo? 
Quando eu percebi que essa é a minha missão na terra. 


10- E como você vive hoje depois de conhecer a Deus?
Descobri a verdadeira felicidade.



A reserva da fé

quinta-feira, 13 de outubro de 2011 2 comentários



Na parábola das dez virgens, as cinco que faltaram inteligência não prepararam uma reserva de óleo para a possível demora do noivo. As inteligentes sabiam melhor.

A inteligência ensina a fé a se preparar para as lutas e dificuldades. Nem mesmo toda a fé do mundo é capaz de livrar-nos das lutas. Elas vêm. Por isso quem é prudente, sábio, inteligente, se prepara para o dia mal. Até porque as facilidades são inimigas da fé.

Os Navy SEALs, força especial de elite que matou a Bin Laden, tem um ditado: “Quem tem dois tem um, e quem tem um não tem nenhum.” É uma regra que os ensina a planejar, ter sempre uma alternativa, um plano B, caso o A dê errado...

Assim são os da fé: Sabem que a vitória é certa mas pode demorar mais do que esperavam, custar mais, e ser mais difícil. Mas porque eles tem o óleo do Espírito Santo, estão preparados para o que der e vier. O Espírito Santo é a nossa reserva da fé, o que nos ajuda tirar força da fraqueza, a seguir caminhando enquanto os outros vão caindo.


Se você seguir “queimando o óleo da meia-noite” como as virgens tolas, quer dizer, seguir se desgastando com os problemas, preocupações, trabalhando demais, lutando sozinho, e não buscar a renovação, o seu óleo também vai acabar — mesmo que você um dia tenha recebido o Espírito Santo.

Quem é sábio e tem juízo mantém sua lâmpada sempre cheia de azeite, pois nunca sabe o que o amanhã trará.

Kaissi Cristina

3 comentários




1- Nome, Idade, Natural de...? 
Kaissi Cristina, 19 anos, Porto Alegre-RS.


2- Coisas que mais gosta de fazer? 
Ir pra IurD, ajudar pessoas, ler livros, ir no cine hihi, navegar na net.


3- Por que o interesse pelo teatro/dança? 
Porque quero ser usada por Deus, e gosto muito, é uma forma de chamar a atenção dos jovens.


4- Quem você espera alcançar através desse projeto? 
A todas as pessoas, que vem a IurD e quem não vem, quero ir ao quatro cantos dessa terra.


5- Qual o seu objetivo através do mesmo? 
Meu objetivo é levar a cada criatura, a conhecer a um Deus que eu conheço, e que me faz muito feliz.


6-Qual a importância do projeto Filhos de Levi pra você? 
Nossa, ajudou muito, aos filhos se aproximarem mais, a não ser só Igreja e casa, é um modo de mostrar aos filhos que eles tem ESCOLHAS. E que a escolha de hoje é o retrato de amanhã.


7- Como era a sua vida antes de conhecer a Deus? 
Antes de conhecer a Deus, eu era uma menina rebelde, mentirosa, fingia ser uma coisa que não era, na escola era a popular, a tal, a que ficava com todos os meninos, e em casa e na Igreja parecia a "Inocente", era uma menina deprimida e angustiada e muito OCA. Andava com más amizades, e tinha uma "melhor amiga" que gostava de bruxaria e que via vultos e ouvia vozes.


8- Quando você decidiu entregar a sua vida na mãos de Deus? 
Quando percebi que esse vazio não era preenchido em amizades, e nem em festa, curtição. Comecei a ouvir minha mãe.


9 - Quando surgiu o desejo de servi-lo? 
Surgiu após ser batizada com o doce Espirito Santo, vi a necessidade de trabalhadores para a seara, nasceu um desejo em ganhar almas, e amor pela Obra de Deus.


10- E como você vive hoje depois de conhecer a Deus?
 Hoje a minha vida está transformada, tenho paz, fui preenchida, não ando com más amizades, meu melhor amigo hoje é Jesus. Enfim, hoje eu posso dizer que não sou só uma criatura de Deus, e sim uma Filha de Deus. E vai arrebentar!!! Álias já arrebentou!


Roseane Silva

quarta-feira, 12 de outubro de 2011 1 comentários



1- Nome, Idade, Natural de...?
Roseane Silva,18 anos, Salvador - BA.


2- Coisas que mais gosta de fazer?
Me dedicar a Deus, me divertir com meus amigos e estar próxima a minha família.


3- Por que o interesse pelo teatro/dança?
Acredito que os gestos e representações, passam a mensagem que queremos deixar a qualquer pessoa. Por e através disso podemos ganhar almas.


4- Quem você espera alcançar através desse projeto?
Todos os corações que necessitam de DEUS!


5- Qual o seu objetivo através do mesmo?
Ganhar almas.


6-Qual a importância do projeto Filhos de Levi pra você?
Enorme! Através desse projeto pude conhecer pessoas que são do SENHOR e que possuem o mesmo objetivo. Nós podemos atingir mais jovens através do nosso testemunho de vida e glorificar a DEUS.


7- Como era a sua vida antes de conhecer a Deus?
Completamente sem razão ou rumo. Desde de que tive experiencia com DEUS minha vida se transformou e hoje me considero a pessoa mais feliz do mundo.


 8- Quando você decidiu entregar a sua vida na mãos de Deus?
Quando comecei a sentir um vazio na alma e no coração, foi então que descobri que esse local era para ser preenchido por DEUS e assim Ele o fez..


9 - Quando surgiu o desejo de servi-Lo?
Não tem um momento certo. Deus começou a colocar o desejo de servi-lo em meu coração gradativamente.


10- E como você vive hoje depois de conhecer a Deus?
Realizada! Em tudo na minha vida Deus tem dado providencia.


Kissen de Cassia

terça-feira, 11 de outubro de 2011 3 comentários


1- Nome, Idade, Natural de...?Kissen de Cassia Rosa da Silva, 22 anos, Natural de Porto Alegre - RS.


2- Coisas que mais gosta de fazer?
Servir a Deus, estar com amigos que compartilhem da mesma fé e assistir filmes.


3- Por que o interesse pelo teatro/dança?
Porque gosto de interpretar e dançar, além de ser mais uma formar de mostrar o Deus que sirvo.


4- Quem você espera alcançar através desse projeto?
As pessoas que se encontram sem esperança e querem uma transformação de vida.


5- Qual o seu objetivo através do mesmo?
Ganhar muitas almas.


6- Qual a importância do projeto Filhos de Levi pra você?
É muito importante, porque foi uma direção de Deus para poder ajudar os filhos de pastor, de estarmos mais juntos. Enfim, sermos um referencial.


7- Como era a sua vida antes de conhecer a Deus?
Apesar de nascer na igreja, minha vida não foi nada fácil! Eu era deprimida,
angustiada, tinha desejo de morrer, e já tentei me matar. Via vultos, era rebelde, dava mau testemunho na escola, mas quando estava na igreja, parecia um anjo.


8- Quando você decidiu entregar a sua vida na mãos de Deus?
Quando tinha 14 anos e vi que realmente o vazio que tinha dentro de mim, só Deus tinha o poder de tirar e assim eu seria feliz.


9 - Quando surgiu o desejo de servi-lo?
Quando recebi o Espírito Santo e Ele me mostrou que o que eu tinha recebido pela misericórdia Dele, não podia ficar somente em mim, mas sim também levar a outras pessoas.


10- E como você vive hoje depois de conhecer a Deus?
Bom, não é fácil e nunca será, mas essa Paz que tenho após conhecer a Deus não tem preço, é inestimável. Hoje não tenho vontade de me matar, não vejo vultos, não sou deprimida... Enfim, hoje realmente sou FELIZ!

FJBahia

Loading...

IURDTUBE

Loading...

IURDTV

Loading...
 
Filhos de Levi Bahia © 2011 | Design de ⌡εƒPƠฝЄЯ, e colaboração Força Jovem Bahia, Meadiciona.com e IURD TV